Sexta-feira
23 de Agosto de 2019 - 

Para Ratinho Junior fim de aposentadoria para ex-governador foi "dia histórico para o Paraná"

“Foi um ato importante e simbólico, um dia histórico para o Paraná, e quero parabenizar os deputados pela aprovação da proposta”, afirmou nesta quinta-feira (16), o governador Carlos Massa Ratinho Junior, durante entrevista coletiva em Maringá, no Parque Internacional de Exposições Francisco Feio Ribeiro, onde acontece a Expoingá, ao falar sobre a PEC aprovada pelos deputados que acaba com a aposentadoria de ex-governadores.Segundo Ratinho Junior, financeiramente a medida tem pouco impacto nas contas do Estado. Porém, é simbólica no momento em que verificamos que 1 milhão de pessoas consomem 35% da Previdência, que “é a casta privilegiada”; enquanto outros 30 milhões consomem 65%. “Alguma coisa está errada. É uma medida simbólica que acaba com privilégios”, declarou. O Governador frisou ainda ser contra essa aposentadoria, lembrando que o tema faz parte dos seus compromissos de campanha.Fim da aposentadoria – A Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP) aprovou na sessão plenária da última quarta-feira (15) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 01/2019, que acaba com a aposentadoria dos ex-governadores. O texto, assinado pelo Poder Executivo, recebeu 44 votos favoráveis e passou em primeiro turno de votação. Agora, conforme prevê o artigo 229 do Regimento Interno da Casa e o parágrafo 2º do artigo 64 da Constituição Estadual, a proposta terá um interstício de cinco sessões ordinárias antes de voltar a Plenário para ser apreciada em segundo turno de votação. Com isso, a matéria retorna à pauta de votações na sessão plenária do próximo dia 28 de maio.A PEC revoga o § 5º do art. 85 da Constituição do Estado do Paraná, que estabelece o pagamento de subsídio mensal e vitalício para quem tiver exercido em caráter permanente o cargo de governador do Estado. Na justificativa da proposta, o Executivo afirma que o pagamento deste subsídio mensal e vitalício afronta os princípios da moralidade administrativa e da impessoalidade, pois visa premiar aquele que tenha exercido mandato com uma “graça remuneratória vitalícia”, em desacordo com o interesse público e causando grave lesão à economia pública. “O fato de ter ocupado o cargo de governador do Estado não é o suficiente para um tratamento privilegiado”, argumenta o governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) no texto da proposta.Interiorização – Participaram da coletiva o prefeito de Maringá, Ulisses Maia, o deputado Thiago Amaral, primeiro vice-líder do Governo na Alep, Maria Iraclézia de Araújo, presidente da Sociedade Rural de Maringá (SRM), o secretário Chefe da Casa Civil, deputado licenciado Guto Silva, e o presidente da Faciap, Marco Tadeu Barbosa. Estavam também presentes os deputados Do Carmo (PSL), Homero Marchese (PROS), Soldado Adriano José (PV), Evandro Araújo (PSC) e Luiz Claudio Romanelli (PSB), primeiro-secretário da Assembleia. Para a cidade canção foram transferidas desde quarta-feira (15) as sedes dos Poderes Legislativo e Executivo.Legislativo – Os deputados estaduais desembarcaram na quarta-feira (15) na cidade canção para mais um evento de interiorização da Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP). As atividades do legislativo serão realizadas durante a 47ª Exposição Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Maringá e 24ª Internacional – Expoingá até o dia 17. Segundo a Mesa Executiva, essa é uma oportunidade de ouvir as demandas e estar mais próximo da população, do setor produtivo e entidades de classe.Nesta quinta e sexta-feira, os deputados estaduais participam de reuniões com o governador, o vice-governador Darci Piana, os secretários de Estado e diretores de autarquias, que irão despachar no Parque Internacional de Exposições; e com lideranças regionais. Ratinho Junior afirmou que o objetivo é dar mais agilidade no processo de receber as demandas da população e encaminhar para as áreas responsáveis.Ao vivo – A entrevista do governador Ratinho Junior, que falou também sobre persos outros assuntos relacionados a políticas públicas, como investimentos federais, a pecuária, a vacinação contra a febre aftosa, projetos para ampliar o transporte aéreo e os aeroportos, ações e obras que estão sendo implementadas em várias regiões, transporte coletivo, segurança pública e gestão penal,  foi transmitida ao vivo pela TV Assembleia, canal do YouTube e Facebook.Confira quem são os deputados estaduais que votaram a favor do fim da aposentadoria de ex-governador:Alexandre Amaro (PRB)Alexandre Curi (PSB)Anibelli Neto (MDB)Arilson Chiorato (PT)Artagão Junior (PSB)Boca Aberta Junior (PROS)Cobra Repórter (PSD)Cristina Silvestri (PPS)Delegado Fernando (PSL)Delegado Francischini (PSL)Delegado Jacovós (PR)Delegado Recalcatti (PSD)Do Carmo (PSL)Dr. Batista (PMN)Elio Rusch (DEM)Emerson Bacil (PSL)Evandro Araújo (PSC)Francisco Bührer (PSD)Galo (PODE)Gilberto Ribeiro (PP)Gilson de Souza (PSC)Goura (PDT)Homero Marchese (PROS)Hussein Bakri (PSD)Luciana Rafagnin (PT)Luiz Carlos Martins (PP)Luiz Claudio Romanelli (PSB)Luiz Fernando Guerra (PSL)Mabel Canto (PSC)Marcel Micheletto (PR)Mauro Moraes (PSD)Nelson Justus (DEM)Nelson Luersen (PDT)Paulo Litro (PSDB)Professor Lemos (PT)Requião Filho (MDB)Ricardo Arruda (PSL)Rodrigo Estacho (PV)Soldado Adriano José (PV)Subtenente Everton (PSL)Tadeu Veneri (PT)Tercilio Turini (PPS)Tiago Amaral (PSB)Tião Medeiros (PTB)Ademar Traiano (PSDB) - estava presidindo a sessão (Art. 30 do Regimento Interno da ALEP).
16/05/2019 (00:00)

Notícias

Newsletter

Nome:
Email:

Contate-nos

Advocacia Abrunhoza, Sanches & Santos. OAB/PR n°. 7.739. CNPJ n°. 30.956.956/0001-22

Rua Duque de Caxias  570  Sala 01
-  Centro
 -  Rolândia / PR
-  CEP: 86600-057
+55 (43) 3255-5420
Visitas no site:  92213
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.