Terça-feira
23 de Julho de 2019 - 

Deputados estreiam na tribuna e reafirmam compromissos

Deputados de primeiro mandato fizeram sua estreia na tribuna da Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP) na sessão desta terça-feira (5). A segurança pública foi o tema predominante nestes pronunciamentos, mas também houve manifestações sobre saúde, redução do ICMS, pedágio e a reforma da Previdência. Primeiro a usar a tribuna, o deputado Soldado Fruet (PROS) anunciou que apresentou requerimento ao governo estadual propondo uma redução temporária do ICMS sobre a energia elétrica entre os meses de novembro e fevereiro, sob a alegação de que o uso constante de aparelhos de ar condicionado, provocado pelas altas temperaturas, elevou as contas de luz da população. Ele disse que em Foz do Iguaçu, seu reduto eleitoral, a temperatura média histórica de 32 graus no verão saltou para 36 graus neste ano, o que tornou o uso de ar condicionado não mais um luxo, mas uma necessidade para garantia da saúde das famílias.  Confiança – O deputado Galo (PODE) defendeu novas medidas para garantir a segurança pública no Porto de Paranaguá, que tem importância estratégica para o desenvolvimento econômico paranaense, como principal corredor de exportações do Estado. "Será verdade que a cocaína está entrando pelo Porto de Paranaguá, nas nossas barbas?", indagou o deputado Galo. Ele disse confiar que o governador Carlos Massa Ratinho Júnior (PSD) tomará as providências necessárias para garantir a segurança do terminal portuário.O deputado Homero Marchese (PROS) defendeu a aprovação das reformas da Previdência, tributária e política como indispensáveis para a retomada do crescimento econômico nacional. "Vamos fazer valer direitos iguais para todos, sem privilégios", afirmou Marchese. "A lei precisa ser cumprida, doa a quem doer, e as pessoas precisam responder por seus atos", acrescentou, enfatizando que "uma ideologia nefasta prevaleceu no País nos últimos anos, relativizando tudo". Transparência – A deputada Mabel Canto (PSC) anunciou que está pedindo esclarecimentos à Paraná Previdência sobre informações que não constam do Portal da Transparência da instituição. Primeira mulher eleita deputada pela região dos Campos Gerais, Mabel disse ser essencial que o Portal inclua todas as informações necessárias a uma bem fundamentada avaliação da situação financeira e atuarial do sistema estadual de previdência do Paraná. O deputado Delegado Jacovós (PR) defendeu o projeto anticrime do ministro da Justiça, Sérgio Moro, que altera dispositivos do Código Penal, do Código Eleitoral e da Lei de Execução Penal. Jacovós defendeu pontos específicos do projeto, como o artigo que amplia os prazos de prescrição penal. O deputado Michele Caputo (PSDB) fez um rápido balanço de sua gestão como secretário estadual de Saúde ao longo de quase oito anos, entre 2011 e 2018. Neste período, foram reduzidos os índices de mortalidade materno-infantil do Paraná e o governo ampliou os investimentos na instalação e ampliação de unidades de saúde, compra de equipamentos e a capacitação de servidores do setor, segundo afirmou Caputo.Por fim, em aparte ao deputado Professor Lemos (PT), o deputado Arilson Chiorato (PT) disse que pedirá apoio a seus pares para a criação, na Assembleia Legislativa, da Frente Parlamentar das Obras e Contratos do Pedágio. O objetivo é ampliar o debate sobre os contratos do pedágio, que estão sob investigação da Justiça. 
05/02/2019 (00:00)

Notícias

Newsletter

Nome:
Email:

Contate-nos

Advocacia Abrunhoza, Sanches & Santos. OAB/PR n°. 7.739. CNPJ n°. 30.956.956/0001-22

Rua Duque de Caxias  570  Sala 01
-  Centro
 -  Rolândia / PR
-  CEP: 86600-057
+55 (43) 3255-5420
Visitas no site:  67293
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.