Domingo
25 de Agosto de 2019 - 

Cantora Mara Lima destaca importância da CPI do Feminicídio

“Conforme dados do Ministério Público do Paraná, só em 2018 foram 131 denúncias de feminicídio. Isso significa 80% dos inquéritos policiais abertos no estado de um total de 168 casos policiais. Algo de muito errado está acontecendo e queremos investigar o quanto antes”, destacou a deputada Cantora Mara Lima (PSC), que está defendendo a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Feminicídio na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP).Na terça-feira (16) a Assembleia Legislativa abriu prazo para indicações de membros para a instalação dessa CPI. A sugestão da criação da CPI é da própria deputada Mara Lima, presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, que informou que o pedido foi assinado por mais 18 deputados. Ela lembrou que o tempo de trabalho da CPI do Feminicídio será de 120 dias, prorrogáveis para mais 60 dias.Violência – Segundo a parlamentar, a Comissão, composta por sete deputados, deverá investigar as razões do elevado número de casos de feminicídio, homicídio em razão do gênero, bem como buscar elementos para subsidiar políticas públicas para a redução de violência contra a sociedade paranaense. “O prazo de indicações dos membros é de três sessões a contar dessa semana. Seguindo esse cronograma, se tudo der certo, ainda no mês de abril teremos a instalação dessa importante CPI”, finalizou Mara Lima. 
17/04/2019 (00:00)

Notícias

Newsletter

Nome:
Email:

Contate-nos

Advocacia Abrunhoza, Sanches & Santos. OAB/PR n°. 7.739. CNPJ n°. 30.956.956/0001-22

Rua Duque de Caxias  570  Sala 01
-  Centro
 -  Rolândia / PR
-  CEP: 86600-057
+55 (43) 3255-5420
Visitas no site:  94035
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.